Causas da insônia – Maus hábitos e menopausa são os principais motivos

Dormir tranquilamente não é uma tarefa fácil para um número cada vez maior de pessoas. O mundo moderno com todas suas luzes, ruídos e estímulos de todos os tipos são causadores de distúrbios do sono, principalmente nas grandes cidades.

Ambiente, medicamentos, estimulantes e estado de saúde são alguns dos motivos que podem levar o indivíduo a sofrer com o problema. Nas mulheres, a chegada da menopausa também pode originar um quadro de insônia.

Causas da insônia

  • causas da insoniaMudança no ambiente ou no horário de trabalho: nosso relógio biológico pode ser alterado quando precisamos viajar ou mudar nosso horário de trabalho.
  • Maus hábitos de sono: irregularidade do sono, como dormir e acordar em horários diferentes todos os dias; realizar atividades estimulantes antes de ir para a cama; dormir em ambientes inapropriados e desconfortáveis; tentar dormir vendo televisão ou com luz acesa.
  • Medicações: alguns remédios podem interferir na capacidade de uma pessoa adormecer ou continuar dormindo: antidepressivos, remédios para controle da pressão arterial, antialérgicos, estimulantes e corticosteroides.
  • Cafeína, nicotina e álcool: café, chá, refrigerantes à base de cola e outras bebidas que contenham cafeína são estimulantes e podem atrapalhar o sono na maioria das pessoas.
  • Comer muito tarde: fazer um lanche leve antes de dormir é recomendado, mas comer demais pode causar desconforto físico na hora de deitar.
  • Estresse: preocupações relacionadas ao trabalho, estudos, saúde ou família podem manter sua mente ativa durante a noite, dificultando a conciliação do sono.
  • Ansiedade: ansiedade diária, bem como transtornos de ansiedade, como o estresse pós-traumático, podem atrapalhar o sono.
  • Depressão: uma pessoa com depressão pode dormir mais do que o normal e pode também não conseguir dormir.

A menopausa é uma das principais causas entre as mulheres

A insônia também é atribuída a distúrbios fisiológicos e mudanças corporais, como por exemplo a menopausa. As mulheres quando chegam a esta etapa da vida, podem sofrer com problemas para dormir por conta das alterações hormonais intensas no organismo que carregam vários sintomas indesejados. Entenda aqui como funciona o processo. 

Diagnosticar e tratar o problema passa a ser vital para que ele não gere transtornos a mais na vida da mulheres e descobrir se a falta de sono é realmente um sintoma desse período de transição hormonal. Os problemas para dormir podem ser tanto por conta do estresse, ansiedade e mau humor ou como um efeito colateral das ondas de calor e sudorese noturna.

insonia na menopausa

A menopausa é interrupção fisiológica dos ciclos menstruais, devida à cessação da secreção hormonal dos ovários. O início dessa fase da vida da mulher só pode ser considerado depois de um ano do último fluxo menstrual. Nesse período, a mulher ainda pode, ocasionalmente, menstruar.

Esse tempo de transição antes da menopausa é chamado de climatério, no qual alguns sintomas podem surgir:

  • como saber se estou na menopausaInsônia;
  • Depressão.
  • Ressecamento vaginal (secura);
  • Ondas de calor;
  • Suores noturnos;
  • Diminuição no desejo sexual;
  • Diminuição da atenção e da memória;
  • Osteoporose.

Confira aqui a lista completa de sintomas e faça seu diagnóstico sozinha sem sair de casa. 

Então nessa fase da vida mulher, que em média acontece entre os 45 e 55 anos, a insônia pode sim vir a ocorrer. O acompanhamento médico para tratar os sintomas e a busca por qualidade de vida são fatores essenciais para que este problema não seja um fardo, e a hora de dormir seja agradável.

A melhor forma de tratamento é recorrer aos suplementos naturais como o Max Amora que conseguem aliviar de forma geral os sintomas da menopausa e garantem mais qualidade de vida, incluindo um sono revigorante e sem aquelas ondas de calor que tornam o sono quase impossível.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply